Google Keep, notas e listas

O Google Keep foi lançado há algum tempo, contudo, parece um serviço esquecido pela maioria dos utilizadores. Os artigos de opinião que surgiram inicialmente comparavam-no erradamente com o Evernote e com o OneNote da Microsoft, assim, este aparentava ser menos poderoso e mais limitado que os concorrentes. Porém, a realidade é outra. O Keep da Google é uma excelente app para tirar apontamentos, notas, registar lembretes e é gratuita, para a obter basta que tenhamos uma conta Google (por exemplo o GMail).

O que é o Google Keep

É um bloco de apontamentos ligado ao Google Drive. Suporta anotações com fotografias, texto, voz e listas de verificação. Resumindo, permite-lhe fazer e guardar anotações, guardar fotos, notas de voz e listas de verificação no Google Drive, e em um qualquer dispositivo aceder a esta informação. É o programa ideal para anotações rápidas e para quem gosta de simplicidade e rapidez no registo de notas e tarefas, ou guardar no PC algo que depois queremos aceder no smartphone, por exemplo, listas de compras, endereços, números de telefone ou extensões de colegas, listas de verificação e tarefas.

Aspecto e usabilidade

A interface é muito simples de utilizar e colorida. As cores funcionam como uma ferramenta de organização que permite separar coisas pessoais de coisas relacionadas com o trabalho, ou coisas relacionadas com a família ou amigos. A curva de aprendizagem é praticamente nula, devido à simplicidade e objectividade do programa, seja no Android ou no browser. Se não utiliza um programa de anotações e tarefas, se gosta do Android e se o seu browser favorito é o Chrome, então o Google Keep é a ferramenta de produtividade e organização certa. Vamos então dar uma olhada nas suas principais características.  

Quando nos sentamos à secretária, temos por hábito colocar o smartphone à carga e utilizar o PC. Isto não significa que tenhamos de mudar de aplicação de notas e tarefas, no browser, o Keep, oferece-nos uma experiência quase idêntica, em tudo, à da app no smartphone.

Por entre as notas de voz, notas de imagem e texto, o Keep tem inúmeras características que nos ajudam a manter-nos organizados, por exemplo:

 

  • Rapidez. O Keep é realmente rápido, mesmo em equipamentos antigos. Adicionar uma nota é tão simples como tocar na caixa de texto, no topo da aplicação, e escrever. Imagine aquele momento em que alguém lhe está a dar o número de telefone e precisa de rapidamente anotá-lo. E não fica por aqui, tudo o resto, registo de voz ou imagem e listas, é tão simples como um simples toque na opção e fazê-lo. Não é necessário andar a circular pelo programa em busca de opções ou vistas, basta um simples toque na nota que pretende fazer.

 

  • As notas de voz são fantásticas e superiores a toda a concorrência. Adicionar uma anotação de voz é tão simples como tocar no microfone (na aplicação) e falar. Assim que terminar o Keep converte a voz em texto, sem apagar o registo de voz que poderá escutar mais tarde, às vezes é melhor falar que escrever.

 

  • A sincronização com o Google Drive significa que a sua informação é portável e sua.  É provável que futuramente o Keep se torne uma funcionalidade nuclear do Android, o Drive já é, e como são duas aplicações muito próximas.

 

  • A aplicação no browser é rápida, minimalista e deveras funcional. Quando nos sentamos à secretária, temos por hábito colocar o smartphone à carga e utilizar o PC. Isto não significa que tenhamos de mudar de aplicação de notas e tarefas, no browser, o Keep oferece-nos uma experiência quase idêntica, em tudo, à da app no smartphone.  

 

  • Pesquisar e organizar é doentiamente simples. O Keep dá-nos a magia do GMail na pesquisa e arquivação da informação. Se já concluiu uma tarefa ou confirmou toda uma lista de verificação, não as apague, arquive-as. Mais tarde pode pesquisar por qualquer coisas que tenha ocorrido no passado. Tudo fica disponível para pesquisa, não apenas os títulos, tudo o que está dentro da nota é pesquisável.

 

  • O Widget para o Android, aquelas mini aplicações que colocamos no ecrã principal do smartphone, é fantástico. O Keep não é a primeira aplicação a ter a funcionalidade de gerir tarefas no ecrã principal, mas como tem a funcionalidade de registar uma anotação rapidamente, com um toque, é verdadeiramente útil tê-la no ecrã principal do nosso telefone.

Comparar o Keep com o Evernote é como comparar uma chave de fendas com uma aparafusadora eléctrica. No entanto, às vezes precisamos mais de uma chave de fendas do que da aparafusadora, que sem carga não serve para nada.

Campo de batalha das aplicações de anotação

Embora façam comparações sobre o Keep, com o Evernote ou OneNote, o Keep não foi concebido para competir com eles. Além disso, a Google não quer aliciar os utilizadores do Evernote ou OneNote a mudarem a sua informação para o Keep, não funciona, nem iria funcionar. O objectivo é simplesmente disponibilizar aos utilizadores do Android (o iOS também tem o Keep) uma aplicação simples e funcional para fazer anotações e que também a podem utilizar no PC. Comparar o Keep com o Evernote é como comparar uma chave de fendas com uma aparafusadora eléctrica. No entanto, às vezes precisamos mais de uma chave de fendas do que da aparafusadora, que sem carga não serve para nada.

Link para download Android

Link para download iOS

Link para a versão no browser